Vidas em contos

(por Rita Prates)

Difícil conviver

Difícil conviver com expectativas que não são suas. Desejos construídos em muros da imaginação, que podem desmoronar a qualquer momento e ferir, também, as pessoas ao seu redor.

Difícil lidar com sonhos inalcançáveis. Anos-luz do seu poder de realização, mas que você teima em sonhá-los. Força mental que te suga a energia e te deixa a vagar.

Difícil conviver com culpas que não são suas. Que são cobradas, atiradas contra o seu peito, que queima como um tiro certeiro e abala o seu frágil coração.

Estranho alimentar-se de mágoas passadas. Sorvendo cada gole como se fosse um tônico, negando-se a perdoar, enfraquecendo o andar.

Complicado percebê-la muda e distante. Presente corpo, de olhar vago, perdido em pensamentos e estranhos sentimentos.

Difícil manter um amor gasto, mas de raízes profundas. A cada movimento para puxá-lo à superfície, remove terras, espalhando dores, dúvidas e recordações.

Como se abrir, se as portas estão fechadas? Como respirar, se o ar está pesado? Como decidir, quando está coberta de dúvidas? Como amar, se os seus lábios já não sabem beijar?

Difícil andar sem tropeçar em olhares que não são seus. Ver luzes ao seu redor, que não te iluminam, só sombras que te acompanham.

Complicado conviver com esse vai e vem de emoções. Com rompantes de solidão e risos sem expressão.

Estranho observar o tempo passar e nada falarem. Não se tocarem, não sorrirem, e verem escapulir entre dedos anos sem sentido.

Difícil fugir da solidão, quando tudo perdeu o significado, e não se vê solução nesse emaranhado de emoções.

Difícil escapar de seu olhar sem brilho, do seu sorriso apagado, do seu abraço frouxo.

Difícil seguir adiante, melhor parar e procurar uma luz para te guiar. Largar o passado e seguir, mesmo só, mas seguir, se desvencilhar das amarguras, das culpas, das lágrimas e dar um basta, um adeus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 1 de novembro de 2016 por e marcado , , , , .
%d blogueiros gostam disto: